Já comprou seu livro hoje? Clic aqui!

terça-feira, 16 de novembro de 2010

As Sem-razões do Amor



                                     Eu te amo porque te amo
                                     Não precisas ser amante,
                                     E nem sempre sabes sê-lo.
                                     Eu te amo porque te amo
                                     Amor é estado de graça,
                                     E com amor não se paga.


                                     Amor é dado de graça,
                                     É semeado no vento,
                                     Na cachoeira, no eclipse.
                                     Amor foge a dicionários,
                                     E a regulamentos vários.          
                    
                                     Eu te amo porque não amo,
                                     Bastante ou demais a mim.
                                     Porque amor não se troca,
                                     Não se conjuga nem se ama.
                                     Porque amor é amor a nada,
                                     Feliz e forte sem si mesmo.


                                     Amor é primo da morte,
                                     E da morte vencedor,
                                     Por mais que o matem(e matam),
                                     A cada instante de amor.


                                     Carlos Drummond de Andrade
Fonte:www.aindamelhor.com

7 comentários:

Eduardo Medeiros disse...

Olá Vivian, tudo bem?

ler Drumoond falando de amor é bom demais!!!

abraços

Chica disse...

Lindas razões do poeta e tão bem escolhidas por ti!

beijos.linda semana,chica

Jonas R. Sanches disse...

Muito bom, belissima poesia Vivian!

Isabelle Câmara disse...

Drummond é sempre Drummond!

Lívia Azzi disse...

Drummond é uma excelente escolha!

Amor é direcionamento feito vento em movimento... "É gostoso ser amado, mas nem sempre é gostoso amar" (Júlio Machado)

um beijo!

Contos e Encantos num Canto do Mundo... disse...

Drummond é delicioso de se ler... como Cecília, como Clarisse, como Cora... A poesia é o reflexo da alma e nos inspira a seguir seus caminhos... Lindo Vivian!!! Um beijo e tenha um dia ensolarado...Ü...

MARCIANO VASQUES disse...

Vivan,
Fiquei feliz pela sua presença em CASA AZUL DA LITERATURA.
É sempre uma dádiva encontrar e conhecer alguém que aprecia e ama a Literatura Infantil.
Seu blog tem uma leveza do coração, e que lindo postar Drummond!
Um abraço,
Marciano Vasques

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...