Já comprou seu livro hoje? Clic aqui!

sábado, 2 de outubro de 2010

Do poder a força

         
            Um samurai procura respostas às suas perguntas sobre o sentido da vida.Percorre léguas para se encontrar, no alto de uma montanha, com um monge reputado muito sábio.Chegando diante dele, pergunta-lhe:
            _ Ó monge, ensina-me o inferno e o paraíso.
            O monge, sem o olhar, lança-lhe:
            _Ensinar a um ser orgulhoso como tu?
            Com raiva, o samurai levanta a espada:
            _Tu vais ver o que custa insultar-me!
            No momento de o sabre abater-se sobre a cabeça do monge, este diz tranquilamente:
            _Isto é o inferno.
            O braço do samurai se petrifica, o sabre interrompe seu curso.Balbuciando, o homem arrisca:
            _Queres dizer que arriscaste a vida para ensinar-me isto?
            O monge o fita:
            _Isto, é o paraíso.
           O samurai está com o poder, o monge, com a força. O samurai foi invadido por pulsões, uma frase foi suficiente para mergulhá-lo no inferno . O monge não teve medo, permaneceu forte e mostrou ao samurai a sua verdade:"Isto é o inferno."A tomada de consciência do samurai o livra de sua violência e o faz ascender ao paraíso.


Fonte:Inteligência do coração_Isabelle Filliozat
Pág:111

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Soneto

                              
                        Que à união de espíritos puros
                        Eu não aceite impedimentos.Não é amor o amor
                        Que muda quando mudanças encontra,
                        Ou se curva a quem quer extingui-l
                        Oh, não! O amor é um marco eterno
                        Que inabalável enfrenta as tormentas
                        É a estrela de todo barco errante,
                        De brilho certo, mas valor inestimável.
                        O amor não é joguete do tempo, embora
                        Ao envelhecer os lábios nos entorte.
                        O amor não muda conforme o dia e a hora,
                        Mas chega inalterado até o fim dos tempos.
                        Se me provarem que isto está errado,
                        Então nunca escrevi nem ninguém jamais amou.


William Shakespeare, 1564-1616
Fonte:Linguagem do amor-Editado:Sheila Pickles






                                            Dicas de Leitura:


                As vidas de Chico Xavier -Marcel Souto Maior
Uma lição de vida, amor ao próximo,dedicação e de fé!!


                 A ilha misteriosa- Julio Verne
É incrível o que inteligência e boa vontade pode fazer!!!


                 A mulher de trinta anos- Balzac
Foi o primeiro que li e adorei! Romance de época retratando muito da alma humana.


                Cisnes Selvagens- Jung Chang
Uma história que passa por três gerações de mulheres chinesas.O inicio do comunismo pelo ponto de vista de quem viveu todo o processo!Imperdível!!

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Aquarela do Brasil

                     
                            Brasil
                            Meu Brasil Brasileiro
                            Mulato izoneiro
                            Vou cantar-te nos meus versos
                            Brasil,samba que dá
                            Bamboleio, que faz gingar
                            O Brasil do meu amor
                            Terra de Nosso Senhor...


                            Abre a cortina do passado
                            Tira a mãe preta do cerrado
                            Bota o rei Congo no congado
                            Canta de novo o Trovador
                            A merencória à luz da lua
                            Toda a canção do seu amor
                            Quero ver essa dona caminhando
                            Pelos salões arrastando
                            O seu vestido rendado...


                            Esse coqueiro que dá coco
                            Oi!Onde amarro a minha rede
                            Nas noites claras de luar
                            Por essas fontes murmurantes
                            Onde eu mato a minha sede
                            Onde a lua vem brincar
                            Esse Brasil lindo e trigueiro
                            É o meu Brasil Brasileiro
                            Terra de samba e pandeiro...


                            Brasil
                            Terra boa e gostosa
                            Da morena sestrosa
                            De olhar indiferente
                            Brasil, samba que dá
                            Para o mundo se admirar
                            O Brasil, do meu amor
                            Terra de Nosso Senhor...


                            Abre a cortina do passado
                            Tira a mãe preta do cerrado
                            Bota o rei Congo no congado
                            Canta de novo o Trovador
                            A merencórdia à luz da lua
                            Toda a canção do seu amor
                            Quero ver essa dona caminhando
                            Pelos salões arrastando
                            O seu vestido rendado...


                            Esse coqueiro que dá coco
                            Onde eu amarro a minha rede
                            Nas noites claras de luar
                            Por essas fontes murmurantes
                            Onde eu mato a minha sede
                            Onde a lua vem brincar
                            Esse Brasil lindo e trigueiro
                            É o meu Brasil Brasileiro
                            Terra de samba e pandeiro...


                           Brasil
                           Meu Brasil Brasileiro
                           Mulato izoneiro
                           Vou cantar-te nos meus versos
                           Brasil, samba que dá
                           Bamboleio, que faz gingar
                           O Brasil do meu amor
                           Terra de nosso Senhor...


Composição:Ary Barroso


Hoje acordei com vontade de cantar!!Depois de muitos dias nublados , amanheceu com um belíssimo dia de sol!!!
E para lembrar que a eleição é neste domingo! Mas ainda dá para pensar bem, não acreditar em tudo que falam na televisão, principalmente nestas pesquisa...Cuidado povo Brasileiro, para não ser manipulado!!!Analise com atenção cada candidato!!
E vamos as  urnas!!! Boa sorte pra nós!!!

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

O sexto sentido das mulheres

         
           Certo dia, parei para observar as mulheres, e só pude concluir uma coisa:elas não são humanas.São espiãs.Espiãs de Deus, disfarçadas entre nós.Pare para refletir sobre o sexto sentido.Alguém duvida que ele exista?E como explicar que ela saiba exatamente qual mulher, entre as presentes, em uma reunião, seja aquela que dá em cima de você...Ou é a que você dá em cima?Ou quando ela antecipa que alguém tem algo contra você, que alguém está ficando doente ou que você quer terminar o relacionamento?
              E, quando ela diz que vai fazer frio e manda você levar um casaco?Rio de Janeiro, quarenta graus,você vai pegar avião para para São Paulo.Só meia-hora de vôo.Ela fala para você levar um casaco, porque "vai fazer frio".Você não leva.O que acontece?O avião fica preso no tráfego em terra, por quase duas horas, depois que você já entrou, antes de decolar.O ar condicionado chaga a pingar gelo de  tanto frio que faz lá dentro!
            O sexto sentido não faz sentido!É a comunicação direta com Deus!Assim é muito fácil...As mulheres são mães!E preparam, literalmente, gente dentro de si.Será que Deus confiaria tamanha responsabilidade a um reles mortal?E não satisfeitas em ensinar a vida, elas insistem em ensinar em ensinar a vivê-la, de forma íntegra, oferecendo amor incondicional e disponibilidade integral.
            Fala-se em "praga de mãe", "amor de mãe", "coração de mãe"...Tudo isso é meio mágico...Talvez ele tenha instalado o dispositivo "coração de mãe" nos "anjos da guarda" de seus filhos( que aliás, foram criados à sua imagem e semelhança).
            As mulheres choram, vazam ou extravasam?Homens também choram, mas é choro diferente.As lágrimas das mulheres têm um não sei o quê que não chorar, um não sei o quê de fragilidade,um não sei o quê de amor, um não sei o quê de tempero divino, que tem um efeito devastador sobre os homens...
           Já viram como as mulheres conversam com os olhos?Elas conseguem pedir uma à outra para mudar de assunto com apenas um olhar.Elas fazem um comentário sarcástico com o outro olhar.E apontam uma terceira pessoa com outro olhar.Quantos tipos de olhar existem?Elas conhecem todos...  Parece que frequentam escolas diferentes das que frequentam os homens!E é com um desses milhões de olhares que elas enfeitiçam os homens.En-fei-ti-cão!
            O amor leva as mulheres para perto de Deus...Já que ele é o próprio amor.Por isso dizem "estar nas nuvens", quando apaixonadas.Com todo esse amor de mãe, esposa e amiga, elas ainda ainda são mulheres a maior parte do tempo.Mas elas são anjos depois do sexo-amor.É nessa hora que elas se sentem o próprio amor encarnado , e  voltam, a ser anjos.E levitam...Algumas até voam.Mas os homens não sabem disso.E nem poderiam...
            Porque são tomados por um encantamento que os faz dormir nessa hora.


Fernando Sabino
Fonte:artistasarteiras.blogspot.com
           

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Educação:Descobrindo a grandeza das coisas anônimas

        
           Leve seus filhos a encontrar os grandes motivos para serem felizes nas pequenas coisas.Uma pessoa emocionalmente superficial  precisa de grandes eventos para ter prazer,uma pessoa profunda encontra prazer nas coisas ocultas, nos fenômenos aparentemente imperceptíveis:no movimentos das nuvens, no bailar das borboletas, no abraço de um amigo, no beijo de quem ama, num olhar de cumplicidade, no sorriso solidário de um desconhecido.
           Felicidade não é obra do acaso, felicidade é um treinamento.Treine as crianças para serem excelentes observadoras.Saia pelos campos ou pelos jardins, faça-as acompanhar o desabrochar de uma flor e descubra juntamente com elas o belo invisível.Sinta com seus olhos as coisas lindas que estão ao seu redor.
           Leve os jovens a enxergar os singelos momentos, a força que surge nas perdas, a segurança que brota no caos, a grandeza que emana dos pequenos gestos.As montanhas são formadas  por ocultos grãos de areia.
          As crianças serão felizes se aprenderem a contemplar o belo nos momentos de glória e de fracassos, nas flores das primaveras e nas folhas secas do inverno.Eis o grande desafio da educação da emoção!
         Para muitos, a felicidade é loucura dos psicólogos, delírios dos filósofos, alucinação dos poetas.Eles não entenderam que o segredo da felicidade se esconde nas coisas simples e anônimas, tão distantes e tão próximas deles.


Augusto Cury
Pais brilhantes, Professores fascinantes-Sextante
Pág.41

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Música: Flores em você

                                          
                                            De todo o meu passado
                                            Boas e más recordações
                                            Quero viver o meu presente
                                            E lembrar tudo depois...

                                            Nessa vida passageira
                                            Eu sou eu, você é você
                                            Isso é o que mais me agrada
                                            Isso é o que me faz dizer
                                        
                                            Que vejo flores em você!...

                                            De todo o meu passado
                                            Boas e más recordações
                                           Quero viver meu presente
                                            E lembrar tudo depois...
                                
                                            Nessa vida passageira
                                            Eu sou eu, você é você
                                            Isso é o que mais me agrada
                                            Isso é o que me faz  dizer...
                                                
                                           Que vejo flores em você!...
                                           Que vejo flores em você!...
                                           Que vejo flores em você!...
                                           Que vejo flores em você!...

Ira!
Composição:Edgard Scandurra
Fonte:Letras.terra.com.br
                                  

domingo, 26 de setembro de 2010

Anjo

        
            Havia um Anjo que algum tempo pedia uma promoção ao Senhor, mas o Senhor não considerava que ele estivesse pronto.Até que um belo dia...
            Senhor:Muito bem Anjo,para ser promovido deves passar por um teste, e este consiste em salvar uma vida na terra.Mas deves respeitar algumas regras:
            1)Deves salvar a vida de alguém que esteja prestes a se suicidar.
            2)Não pode fazer uso de qualquer poder divino.
            3)Deves usar unica e exclusivamente o poder da palavra.
            4)Não pode se identificar como Meu Anjo,ou seja deve se passar por mortal.
            5)Caso falhes na tentativa voltará a ser suplente de aprendiz de Anjo.
            Acredita estar preparado para tal?
            Anjo:É Senhor, as condições são severas mas eu topo o desafio.
            Assim sendo o Anjo deu inicio a conquista de sua tão almejada promoção e começou a procurar o problema voando sobre uma cidade.De repente viu um carro para sobre uma enorme ponte e um homem saiu do veículo, então pensou:Como não achei nada até agora vou ver se este cara não esta precisando de ajuda.Porém ao se fazer corpo e se aproximar , viu que o sujeito começava a subir no parapeito da ponte.
           Anjo:Ei cara o que está fazendo?Desse jeito pode cair...
           Homem:Não se aproxime.Pois é isso mesmo que vou fazer.
           Anjo:Porque você quer tirar a própria vida?Sabe que isso não é uma coisa boa?
           Homem:O que você sabe se é uma coisa boa ou não?Você não conhece minha vida.
           Anjo:Esta certo, não conheço sua vida,mas acredito não haver motivo nenhum no mundo que possa levar alguém a tirar a própria vida.Isso é contra o primeiro e mais forte instinto de qualquer ser vivente, que é justamente o da sobrevivência.
         Homem;Pois bem, eu te dou meus motivos e aceitando ou não quero que vá embora.
         Anjo:Certo, então tente me convencer.
         Homem:Eu nunca consegui nada nesta vida miserável, sempre lutei muito mas nunca tive oportunidades para ser alguém de fato, nasci num país de terceiro mundo onde só quem tem dinheiro é alguém ou consegui alguma coisa, estou cansado , já não aguento mais nadar contra a maré.
         Anjo:Você fala como se alguém tivesse que dar as oportunidades para a gente, não é bem assim, quem cria as oportunidades somos nós mesmos.
         Homem:Deixa disso, o sistema, o estado, o país que você nasce é o maior responsável pelo que você pode vir a ser.Veja, se eu tivesse nascido nos Estados Unidos provavelmente eu conseguiria ser alguém.
         Anjo:Acho que entendi.Você colocou seu ponto de vista, deixa eu colocar o meu, ai você tirra sua conclusões e faz o que bem entender.Não vai levar nem cinco minutos.
         Homem: Ok !...Você tem cinco minutos.
         Anjo: Vamos fazer um joguinho de faz de conta, imagine que eu tivesse o poder para fazer você nascer em  outro país, nos Estados Unidos por exemplo, ainda tentaria se matar?
        Homem: Não eu teria muitas oportunidades.
        Anjo:Suponho que nascesse em uma família pobre nos subúrbios do Broklin em Nova York, mesmo assim acha que teria alguma chance?
        Homem:Mas é lógico, lá é a terra das oportunidades, mesmo para quem nasce pobre.
        Anjo:Bem além de ser pobre, você seria negro e filho de uma prostituta de quinze anos, ainda assim acha que teria a chance de vencer na vida?
        Homem:O cara assim você esta jogando pesado.Mas ainda assim acho que teria a chance.
        Anjo: Só mais uma condição.Além de ter nascido nos subúrbios do Broklin, pobre, negro e filho de uma prostituta de quinze anos você nasceria cego.O que acha, quais seriam suas chances agora?
        Homem:Espera ai, você deve estar louco, nestas condições ninguém teria chance alguma em lugar nenhum do mundo.
        Anjo:Quero uma resposta direta.Onde você gostaria de ter nascido?Nos Estados Unidos nas condições que mencionei aqui ou em suas condições atuais?
        Homem:Não é preciso nem pensar.É claro que aqui, em suas condições não é possível sequer ser gente.
        Anjo: Assim, então porque você não vai dizer isso para o Stive Wonder.
        O homem pensou um instante e lentamente desceu do parapeito da ponte, olhou o Anjo, deu um sorriso tímido entrou no carro e saiu bem devagar.

                                      E você???
                         Já ganhou suas asas...???

Fonte:testemunhos.vilabol.uol.com.br

Bom final de semana à todos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...