Já comprou seu livro hoje? Clic aqui!

sábado, 4 de dezembro de 2010

Liberdade


                        Nosso medo mais profundo não é  que sejamos  inadequados. Nosso medo mais profundo é que sejamos poderosos demais. É nossa sabedoria, não nossa ignorância, o que mais nos apavora. Perguntamo-nos:"Quem sou eu para ser brilhante,belo, talentoso; fabuloso?" Na verdade, por que você não seria? Você é um filho de Deus. Seu medo não serve ao mundo. Não há nada de iluminação em se diminuir para que outras pessoas não se sintam inseguras perto de você. Nascemos para expressar a glória de Deus que há em nós. Ela não está em apenas alguns de nós.; está em todas as pessoas. E quando deixamos que  essa nossa luz, brilhe , inconscientemente permitimos que outras pessoas façam o mesmo. Quando nos libertamos do nosso medo, nossa presença automaticamente liberta as outras pessoas.


                      Nelson Mandela


Fonte:crisboog.com.br 

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Todas as cores do mundo


                                     Assim como a senhora
                             zebra, personagem do
                             jornalista Demitri Túlio,
                             querendo vestir outras cores,
                             além das cansativas listras
                             pretas e brancas...
                             Eu vou:
                             De vermelho para trabalhar
                             De amarelo para passear( e encantar)
                             De rosa para paquerar
                             De verde para ir à praia
                             De lilás para rezar
                             De flores para dançar
                             De azul para abraçar(numa linda despedida).


                             Isabelle Câmara
Obrigada à amiga Isabelle  do blog:http://isabelle-obeijodaborboleta.blogspot.com/  , por compartilhar este poema!! Eu adorei!! Hoje eu estou de rosa, para paquerar o marido,claro!!! Linda sexta-feira, para todos!!! Bom Dia!!

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Traze-me


                         Traze-me um pouco das sombras serenas
                         que as nuvens transportam por cima do dia!
                         Um pouco de sombra, apenas,
                         _vê que nem te peço alegria.
                         Traze-me um pouco de alvura dos luares
                         que a noite sustenta no teu coração!
                         A alvura, apenas, dos ares:
                         _vê que nem te peço ilusão.
                         Traze-me um pouco de tua lembrança,
                         aroma perdido, saudade da flor!
                         _vê que nem te digo_esperança!
                         _vê que nem sequer sonho_amor!


                        Cecília Meireles


           Vale à pena assistir ao vídeo!! É de um programa de incentivo a leitura!!
           Obrigada a Laís do comtextosdavida.blogspot.com , por compartilhar!! 
           Bom dia!!

Ler devia ser proibido...

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

O poder de uma decisão


                No momento em que realmente nos decidimos, então o universo começa a agir também.Todo tipo de coisa começa a ocorrer, coisas que não ocorreriam normalmente, mas que acontecem porque você tomou a decisão. Uma série de eventos flui dessa decisão, levantando a nosso favor todo tipo de imprevistos, encontros e assistência material que nenhuma pessoa do mundo poderia planejar que ocorresse na sua vida.
               Seja lá o que você possa fazer, ou tenha o sonho de fazer:comece. O arrojo tem dentro de si inteligência, poder e mágica.Então comece logo.


              Goethe
Fonte:crisboog.com.br

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Livros...


                   "Oh! Bendito o que semeia livros...
                    livros à mão-cheia...
                    E manda o povo pensar!
                    O livros, caindo n' alma,
                    É germe_que faz a palma,
                    É chuva_ que faz o mar."


                   Castro Alves

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Mascarados


                  Saiu o semeador a semear
                  Semeou o dia todo
                  e a noite o apanhou ainda
                  com as mãos cheias de sementes.
                  Ele semeava tranquilo
                  sem pensar na colheita
                  porque muito tinha colhido
                  do que outros semearam.
                  Jovem, seja você esse semeador
                  Semeia com otimismo
                  Semeia com idealismo
                  as mentes vivas
                  da Paz e da Justiça.


                  Cora Coralina
Fonte:www.releituras.com

domingo, 28 de novembro de 2010

O convite


                      Não sou a areia
                      onde se desenha um par de asas
                      ou grade diante de uma janela.
                      Não sou apenas a pedra que rola
                      nas marés do mundo,
                      em cada praia renascendo outra.
                      Sou a orelha encostada na concha
                      da vida, sou construção e desmoronamento,
                      servo e senhor, e sou
                      mistério.


                      A quatro mão escrevendo este roteiro
                      para o palco de meu tempo:
                      o meu destino e eu.
                      nem sempre estamos afinados,
                      nem sempre nos levamos
                      a sério.


                     Lya Luft
Fonte:www.releituras.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...