Já comprou seu livro hoje? Clic aqui!

domingo, 29 de maio de 2011

Nostalgia



Talvez seja tristeza ou solidão... 

Ou sonho perdido no tempo...

Longo invisível e angustiado...

Triste, oculto e torturado...

Sino que tange escondido...

Num pensamento dormente...

Amargurado e esquecido...

Ser outro.... ser alguém...

Acordar num tempo longínquo

...Numa metamorfose 

...leve, flutuando...

Despertar da penumbra... 

Como se a sombra fosse luz...

Partir em suave prazer... 

...Morrer devagar...

...Como se não fosse.


Manuel 
Do blog navoltadotempo.blogspot.com


*Obrigada Manuel  por esta belíssima partilha!! Que os momentos de nostalgia sejam curtos, e venham dias mais felizes, repleto de luz!

21 comentários:

✿ chica disse...

Linda poesia do Manoel que ainda bem não está aqui com esse nosso dia cinza e feio.Senão a nostalgia ficaria por mais tempo,rssr...beijos,lindo domingo!chica

Manuel disse...

Ė tão bom ver que há, sempre, alguém que nos dá força para não desistir.
Nesta fase da minha vida estava precisando deste carinho. Obrigado companheira desta caminhada.

Beli disse...

Vivian!

Adorei esse belo poema... estou em um dia de nostalgia tb!

Um belo domingo para vc!

bjuss

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Nossa! Que beleza de poema. Parabéns ao Mannuel e a você pelo bom gosto, Vivian. Desejo belo domingo. Não me esqueci das dicas, ok? Beijos

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Nossa! Que beleza de poema. Parabéns ao Mannuel e a você pelo bom gosto, Vivian. Desejo belo domingo. Não me esqueci das dicas, ok? Beijos

Marcia disse...

esse momentos de nostalgias são inspiradores querida bjos!

flor de jasmim disse...

Vivian Querida
Bom dia minha amiga!!!
Forte este poema do Manuel, cheio de nostalgia, palavras que me revejo nelas, já fui visitar o blog do Manuel, vou ter que ir lá com mais tempo, temos algo em comum,pelo menos a profissão de contabilidade, embora eu ficasse sem emprego desde o dia 2 de Maio.
Beijinho bom Domingo

Arnoldo Pimentel disse...

Lindo poema, parabéns pela postagem.Beijos

Everson Russo disse...

Muitas vezes essa nostalgia nos move, nos alimenta,,,nos faz a alma sofrer,,,desejar,,,querer e sonhar,,,grande beijo de linda semana pra ti querida.

Carla Fernanda disse...

Uma belíssima e suave maneira de descrever a nostalgia querida.
Beijos e bom domingo!

Lindalva disse...

Amiga Vivian saiu o resultado do Pena de Ouro, aparece no Ostra para a festança que rola lá, você faz parte desta brincadeira. Ah! estou participando da Copa Blog um evento da DadoPag poderia contar com seu voto?. Este é o link http://dado.pag.zip.net/ e ao abrir você procura por meu nome: Lindalva e clica em cima... pronto é rápido e indolor
Beijos e uma semana de luz!

Sandra disse...

Parabéns ao Manuel e a ti pela escolha!
Beijinho

isa disse...

Poema belo embora nostálgico.
Todos nós temos momentos assim,mas nem todos sabemos dizê-lo tão bem!
Semana iluminada!
Beijo.
isa.

manuel marques disse...

Um lindo poema do Manoel,nostálgico mas de uma sensibilidade enorme,parabéns ao autor e a você pela belíssima escolha.

Obs:sinto-me muito lisongeado pelo destaque que dá ao meu blog.Obrigada minha querida Vivian.

Beijo meu.

Calu disse...

Nostalgia á nossa volta refletida, nos olhos, na pele, n'alma sensível diante do dia que lhe espelha e revela.
Muito lindo!
Aplausos ao Manoel.Aplausos á Vivian por escolhas tão especiais.
Sou freguesa deste lugar.
Bom domingo.Bjkas,
Calu

Poseidón disse...

hola amiga

por veces tb siento nostalgia..

besos

Flor de Lótus disse...

Oi,Vivan1Tava lendo no teu perfil que tu mora em gravatai, és gaúcha tbm?Que legal!Eu moro no Su ldo estado em Rio Grande.
A nostalgia faz parte das nossas vidas,mesmo que por breves momentos.
Beijosss

Irene Moreira disse...

Lindo poema e só temhp a parabenizar o seu autor |Manoel e a ti por essa partilha.

Beijos no seu coração

Vivian disse...

...maravilhoso poema,
embora triste.

parabéns ao Manuel,
e à você pela sensibilidade
em nos presentear com lindas
palavras.

bjs, menina!

Lis disse...

Há dias assim Vivían como descreveu o Manuel.
Há momentos que passam e desaparecem como as borboletas.
Parabéns aos dois um que homenageia e o outro que sabe versar.
beijinhos e boa semana

Sonhadora disse...

Minha querida

Um poema maravilhoso do Manuel, que eu adoro ler...uma homenagem muito merecida.

Beijinho com carinho
Sonhadora

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...