Já comprou seu livro hoje? Clic aqui!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Blogagem coletiva- Pátria amada, Brasil!




Ainda se espera por um tipo de independência.
Não deveríamos esperar por ela, deveríamos ir buscá-la na educação, no conhecimento, no senso crítico e na cultura, talvez seja este o único exército capaz de nos salvar.
Van  



Amigos serei bem sucinta:

Cadê a educação de qualidade?
Cadê a saúde de qualidade?
Cadê a justiça social?
Cadê o respeito pelos direitos do cidadão?

Se estamos comemorando a liberdade neste 7 de setembro, 
pergunto, será esta liberdade verdadeira ou ilusória?

Vou me ater num ponto:
Educação.
O governo atou a mãos das escolas e professores,
as diretrizes vem todas de lá.
A escola perdeu sua autonomia,
os professores não podem reprovar, nem cobrar
nada do aluno.
Porque? Para fazer bonito nos índices de pesquisas!

Isso é democracia?
Vivian


A educação é um processo social, 
é desenvolvimento. 
Não é a preparação para a vida, 
é a própria vida".

(John Dewey).



"A educação exige os maiores cuidados,
 porque influi sobre toda a vida".
(Sêneca).

41 comentários:

Majoli disse...

Linda participação minha querida amiga!!
Me recordo, quando me foi passada a "ordem" de não reprovar ninguém na escola, me revoltei tanto, que no final daquele ano, me afastei da educação.
Como aprovar quem não aprendeu?
Por que fiz faculdade, pra ensinar e os alunos aprenderem, ou simplesmente pra entrar dentro da sala, tentar passar pra eles o básico e necessário para o futuro e alguns deles aprenderem e outros não, e mesmo assim igualá-los na hora em que o ano se finda?
Sem mais palavras...

Que isso possa mudar minha querida, para que nossas crianças realmente saiam de casa para irem a escola, sabendo que é pra se aprender, senão vão ter que no ano seguinte, fazer tudo de novo.

Beijos enormes no teu coração.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Você é mesmo uma menina de boa cabeça. Tento dizer aos mais jovens. O pensamento(bom) é sua maior liberdade, não se deixe corromper, não se prive de pensar, de expor,de expressar,de ler. Sabemos que os governos não ajudam muito,ou quase nada,masca gente também precisa selecionar o que lê, o que vê na tv, não devemos aceitar monopólios culturais, não bater palmas pra heresias... é por aí. Beijos e lindo feriado pra você.

✿ chica disse...

Pegaste o pontos básicos,Vivian.

Linda tua participação! Muito boa , bem bolada e pensada!beijos,chica e lindo feriadinho!( O Ni tá melhor?)

Van disse...

Vívian

Você não se atrasou, você se adiantou em me motivar, em sugerir nossa hoje pequena mobilização, um dia a faremos ser grande, ser ouvida, tenho fé.

Ficou maravilhoso seu post!
Você tem total razão, tudo, mas tudo mesmo será criado, desenvolvido, alterado e construído á partir da educação, ela é sim a "própria vida" e estão tirando a vida do nosso país.

Coloquei no título do meu post a expressão blogagem coletiva como você vez. Muito obrigada!
Pelo incentivo, pelo apoio, pela motivação, isto feito em uníssono e por número significativo de cidadão ganha voz, abala alicerces doentios, tenho certeza.

Temos a faca e o queijo nas mãos para falamos ao mesmo tempo, unindo nossas vozes ensurdeceremos a indignidade.

A internet é poderosíssima, precisamos a prender a usa-la, mobilizar-nos eficazmente, um dia conseguiremos. Antes que eles nos tirem este poder, o que já se ameaça por aí.

Não se trata de posição política, nem partidária, trata-se de vida, de cidadania, de dignidade, nesse ou em qualquer outro tempo, com este ou qualquer outro partido, nossa voz não poderia se calar.

Um beijo minha querida amiga, você foi a enorme responsável pela minha esperança de hoje!

Van disse...

Levei seu post para o meu TT

Rogerio Rinaldi e Glorinha Rinaldi disse...

Adoramos o seu blog é maravilhoso e já estamos seguindo.
Somos os criadores do brinco MERKABA,que neutraliza as ondas nocivas dos celulares.
Super beijos da Glorinha e desejamos um ótimo feriado.
http://sbrincos.bogspot.com

Cacá - José Cláudio disse...

Parabéns pela lucidez de ideias e opiniões, Vivan. Meu critério de avaliação de governantes ficou mais apertado: não considero bons, sequer médios, aqueles que negligenciam a saúde e educação de qualidade. Investir dinheiro quantitativamente não resolve e isso já está provado. Meu abraço. paz e bem.

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia minha menina linda!
Quero te contar um segredo,kkkkkkk,meu coração amanheceu em festa...
Passa lá no meu cantinho para bebermos um vinho em comemoração...não esqueça...estou te esperando...
Bjsssssssssssssssssss

Everson Russo disse...

A pátria é amada, o país é lindo, o verde é bonito, o céu é azul, plantando dá, o solo é fértil, o clima é maravilhoso , apesar de voce sentir muito frio...rs..rs...tudo aqui é perfeito,,,menos em Brasilia,,,lá existem pessoas que avacalham tudo,,,pra eles eu dedico Que País é Este do Legiao Urbana,,,uma musica de 1978, que continua atualissima....beijos e beijos de bom dia...bom feriado...

Rô... disse...

oi Vi,

primeiro queria dizer que me senti muito feliz
por ser convidada para participar com vocês dessa blogagem,
adorei o espírito de alerta, de acordem, de vamos lá,
se mexam,
isso é que importa o reconhecimento dos erros e fazer algo para mudar,
você foi direto nas feridas,
que andam muito difícil de cicatrizar,
perfeito minha querida,

acordadas e juntas podemos transformar a pátria amada Brasil...

beijinhos

Contos e Encantos num Canto do Mundo... disse...

... Oi Vivi! Como vão as coisas? E os pequerruchos? Não preciso lhe dizer como a educação sempre foi minha prioridade, não é? Linda e significativa participação, minha amiga... pensando sempre em você, com saudades, LÜ...

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Excelente postagem que toca nos pontos fulcrais em que cada país se deve concentrar de forma a ultrapassar algumas das muitas dificuldades! Bjs

Flor de Lótus disse...

Bom dia,Vivan!Td bem por ai?E o filhote como está, pois é até estranhei quando vi que tu não tinha postado na segunda.Espero uqe esteja tudo ótimo, aqui tá um dia lindo, sol,céu azul...
Ai Vivian!Eu nem gosto de falar nesse assunto viu me deprime, as vezes a vontade que eu tenho é de ir embora do Brasil porque quanto mais estudo,mais vejo que a teoria é tão linda e a prática tão podre.E o que dizer quando tu lê na Constituição que um político (senador ou deputado) pode dizer o que bem entender e não responderá nenhum tipo de processo se estiver nas suas atribuições? quanto mais eu estudo mais me revolto esse é o problema.Por isso eles já deixam a educação bem limitada, afinal quanto menos sabe um povo mais fácil é dominá-lo.
Bom feriado!
Beijosss

Carla Fernanda disse...

Vivian
Penso que a educação é uma arte da vida que só os bons e sábios podem vislumbrar e exercer com sabedoria porque o seu fim último é a liberdade do homem..... e enquanto os homens não aprenderem a amar ela será apenas concebida por algemas do poder....
Beijos e bom dia querida!!
Carla

Meire disse...

Vivian, minha flor linda!
Adorei sua posição amiga, e concordo em muitos sentidos nós professores ficamos de mãos atadas diante da situação da educação e mesmo assim acabamos "pagando o pato".
Mas tbm tenho a consciência que temos que nos mexer, ficar reclamando não resolve problema nenhum.

Amiga, adorei ver essa união nesse grito uníssono de independência nosso. Muito bom saber que ainda tem pessoas que se importam e se preocupam com nosso país que eu tanto amo. Vc é uma pessoa incrível, a cada dia me surpreendo de uma maneira especial contigo.
Que seu dia seja lindo e iluminado ao lado da família!

bjokitas com carinho master, pessoa querida que eu adoro! :)

Yasmine Lemos disse...

Kd? eis a pergunta.
perfeito Vivian
beijão lindona

MARILENE disse...

Você abordou um aspecto de suma importância. Precisamos dela para participar, para mudar.
Já lecionei, tenho amigos professores, e vejo em todos a mesma insatisfação. Não podem reprovar. NÃO PODEM EDUCAR! E nem sequer podem contar com a ajuda dos pais. Houve uma inversão de valores na educação. Ficaram todos reféns de nossos governantes.

Bjs.

isa disse...

Podia falhar noutro dia, mas hoje
NÃO!
Estou contigo, estou convosco neste GRITO que chegará a ouvidos moucos!
Beijo.
isa.

Paulo Francisco disse...

Pra eles!? Somos números, estatística. E pior! estatística manipulada.
Um abraço

lis disse...

Falou tudo !!
Parabéns mesmo !!!
Bjus.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Gostei deste seu post, precisa de
ser refletido. As pessoas estão
a ficar apáticas demais sobre
muita coisa, como se fossem
mortos-vivos e isso é muito
perigoso.
Bj.Irene

Pandora disse...

Arrasou Vivian, sem educação a Independencia não passa de uma balela, um mito...

Michelle F disse...

Oiii lindo seu blog e belas post!!
Ja estou seguindo!
Bjux

http://michellefernandes300.blogspot.com/

Machado de Carlos disse...

Bem, por falar em política... Somos apolíticos, mas observamos. Não vivemos em um regime democrático, haja vista que tudo o que consumimos neste país, um quinhão de impostos já são calculados para os cofres públicos; desde o cafezinho, uma bala, um carrão, um castelo. Imaginemos, pois um rio, mas neste caso um rio de dinheiro transformado em cascata.
Vivemos em Dois Brasis; aquele que recebe e aquele que paga.
A lógica nos diz que com a montanha de dinheiro, a saúde poderia ser de primeiro mundo para todo o povo, independentemente de raças, cores, condição financeira etc.
Quanto à educação, não existe preocupação em transformar o povo em um povo culto. Então, este mesmo povo aplaude as telas de TV e futebol, assim o pensamento neutralizado fica fácil de ser dominado. (rs.)
Beijos!...(Feliz sete de Setembro, rs.).

Adriana Vargas de Aguiar disse...

Oieee!!!

Estou aqui para te convidar a fazer parte do clube dos novos autores, concorrendo a sorteios de livros todos os meses, desses meninos talentosos que estão no anonimato e precisam de nós para mostrar ao mundo a sua escrita!
Dia 10/09 serão 16 livros.
Siga o blog, comente - eu quero participar da promoção, e divida conosco este sonho, que agora é nosso!
Um super beijo e te espero lá!
Adriana

Calu disse...

Como a maioria dos fatos por aqui, a liberdade é uma propaganda no outdoor das esquinas num claro intento de que a repetição da idéia a faça tornar-se realidade.
Como educadora faço eco aos pensadores e a teu providencial questionamento:
Cadê a educação de qualidade?
cadê a saúde de qualidade?
Cadê a justiça social?
Cadê o respeito pelos direitos do cidadão?Cadê????
Bjos,
Calu

Vera Lúcia disse...

Vivian querida,
Sua abordagem foi perfeita.
Nosso País somente saberá reivindicar se seu povo estiver preparado na área da educação. Há quem diga que o governo não se interessa em investir adequadamente nesta área exatamente para dispor dos poderes a seu bel prazer. Um povo bem formado e informado saberá escolher seus governantes e lutar para tirar do poder aqueles que não defenderem os interesses da nação.
Parabéns pela participação.
Beijo.

Flor de Jasmim disse...

Vivian
A Pátria é amada sempre. Gostei da tua participação.
Beijinho e uma flor

Anne Lieri disse...

Nossa,Vivian esse texto ficou excelente!Falar de educaçao é mexer com meus calinhos...rss...e vc acertou na mosca!Tudo isso só pra ter indices mais altos de aprovação,mas as crianças ainda nao entendem o que leem!Bjs e parabéns pela participação!

Toninhobira disse...

Para uma nação,onde não se respeita os minimos direitos dos cidadãos,pouco se espera, mas sempre podemos fazer a diferença,no sentido de orientar e conscientizar as pessoas, das maldades e ingerencia politica,que desgraça a formação e os minimos cuidados das pessoas, principalmente as mais pobres e necessitadas. Todo podemos com nossas criticas minar a base destes, que usurpam em nome do poder.
Belo grito de toda consciencia e lucidez.
Precisamos de mais gente, que mostre a cara e ajude a jogar o leite ruim, na cara deste caretas e picaretas.
Um abração amiga.
Bju.

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga
Especialmente hoje eu vim agradecer o seu carinho e apoio ao meu trabalho!
Muito Obrigado de todo o coração!
Abraço muito amigo!
Maria Alice

Nos Amando... disse...

amiga
sinto tanta vergonha do Brasil
por isso, podendo
fazer o melhor
nada vejo
de bom pra nós e nossos
filhos.
linda semana
bjs

Palavras Vagabundas disse...

Olá, vim te conhecer através da Pandora. Eu acredito que só com Educação o país mudará, por isso sempre luto por ua melhora!
abs
Jussara

Palavras disse...

Oi Vivian

Seu post ficou ótimo! Muito bom mesmo...

Há que se pensar em independência sim! E muito!

Num pais onde a saúde a educação e a cultura são completamente dependentes... Quanta independência ainda nos falta!

Bjs

Manuel disse...

Fiquei um pouco perdido, pois há coisas que não compreendo.

Van disse...

Vivian querida

nossa blogagem espontânea, sem planejamento, de última hora, foi um sucesso. Li coisas ótimas, percebi as pessoas motivadas, felizes em sentirem que estão se manifestando e encontrando eco de suas vozes nas vozes dos amigos. É, esses nossos amigos são mesmo muito especiais, foi gratificante demais a nossa corrente, uma injeção de esperança.

Se Deus quiser ano que vem a planejaremos e divulgaremos com antecedência e aumentará a adesão, tenho certeza.

Obrigada por sua participação decisiva e fundamental, um beijo!

Luma Rosa disse...

Vivian, parabéns pela postagem e participação! Cheguei a ficar arrepiada com seu texto, porque disse tudo e foi fundo na vontade, daquilo que queremos para o nosso Brasil. Os nossos mestres, de mãos atadas, deles os pais já não podem mais confiar, justo porque o Estado vem lhes tirando autonomia e estima. Todos nós que participamos dessa blogagem temos um só anseio e ele é bastante simples: Queremos que seja dado ao cidadão aquilo que lhe é de direito - não é pedido, não é mendigância, é justica! É direito por uma vida dígna e sem sacrifícios.
Beijus,

BlueShell disse...

Bom dia: é bem verdade, isso. Mas olha que aqui em Portugal está a passar-se o mesmo: o professor é sempre culpado de tudo: não pode agir porque tem medo de ter processos disciplinares. Limita-se a deixar passar de ano os alunos, mesmo que pouco saibam, mesmo que as atitudes sejam deploráveis.A indisciplina dos alunos é assustadora: fazem o que querem sem que o professor possa dar "um berro mais alto...porque isso traumatiza...coitadinhos"! Então, em vez de estarem sentados tentando ouvir o que o professor dia...só fazem barulho e desrespeitam todo o esforço do professor.

Lucinha disse...

Vivian,

Vim lá da Ana Karla, e fico feliz em ver o povo brasileiro se moblilizando pra melhorar.
Nunca é tarde. Pra frente Brasil!
Beijos

Lúcia Soares disse...

olá Vivian paz
bela reflexão, um lindo dia amiga, bjs

Valéria disse...

Oi Vivian!
Excelente participação!
Tocou no ponto nevrálgico, a educação, a base de tudo, mas comodamente esquecida.
Beijinhos!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...