Já comprou seu livro hoje? Clic aqui!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Uma Vida Feliz

                       

                   Uma condição de exaltado prazer somente se mantém por momentos ou, em alguns casos, e com algumas interrupções, por horas ou dias. Ela é o brilhante clarão ocasional da alegria, e não a sua chama firme e constante. Disso sempre estiveram tão cientes os filósofos que ensinaram ser a felicidade a finalidade da vida como aqueles que a eles se opuseram. A felicidade que concebiam não era a do arrebatamento, mas de momentos assim em meio a uma existência constituída de poucas e transitórias dores, muitos e variados prazeres, com um predomínio decidido do componente ativo sobre o passivo, e tendo como fundamento do todo não esperar da vida mais do que ela é capaz de oferecer. Uma vida assim constituída, para aqueles que tiveram a boa fortuna de obtê-la, sempre pareceu merecedora da designação de feliz. E uma existência assim é, mesmo hoje em dia, o destino de muitos durante uma parte considerável de suas vidas. A educação falida e os arranjos sociais falidos são os únicos obstáculos reais que impedem que isso esteja ao alcance de quase todos. 


John Stuart Mill, in 'Utilitarismo


Fonte:citador.pt

25 comentários:

Aleatoriamente disse...

Bela escolha querida Vivian.
Amei esse texto.

Beijinho e bom dia.

✿ chica disse...

Lindo,Vivian e acredito que a felicidade é feita de momentos em nossas vidas.Vamos cultivar os bons...beijos,chica e lindo dia!chica

.:*Aline*:. disse...

Oi Vivian!
É engraçado como as pessoas almejam tanto alcançar a tal da felicidade sem se tocarem que a felicidade plena não existe. Como a Chica disse, felicidade mesmo é feita de momentos.
Amei o texto!!!
Bjim

Rô... disse...

oi Vi,

a felicidade mora aqui dentro de nós,
não importa se em momentos,
se em situações,
ou se na sua plenitude,
o que importa é não desistirmos de encontrá-la...
dia a dia com confiança e otimismo...

beijinhos

Everson Russo disse...

Precisamos conseguir alimentar sempre essa alegria de viver para chegarmos a felicidade tão sonhada,,,minha amiga, ontem aqui amanheceu tudo cinza, choveu depois de meses, mas foi pouco, hoje o sol voltou e já tá quente de novo...beijos e beijos de bom dia pra ti.

Severa Cabral(escritora) disse...

Minha linda menina!
Vamos fazer das nossas vidas grandes momentos para ter que falar da felicidade com mais amor...
bjsssssssssssss

Angel@ disse...

A felicidade é construída de pequenos e mágicos momentos que partilhamos com quem aqueles que vivem em nosso coração!
Abraços fraternos,
Angela

★Isa Mar disse...

Oi Vivian, sempre penso que a felicidade não está nas coisas externas, que produzem prazeres momentâneos ou dores exacerbadas e sim no nosso interior, pois quando cultivamos a paz e a harmonia passamos a ver tudo ao redor com outros olhos.
Ainda estamos todos nesse processo de aprendizado, algumas vezes conseguimos, outras não, mas continuemos sempre tentando...
Beijos no coração e um lindo dia!

Tatiana Moreira disse...

Oi Vivian...
A reflexão que obtemos ao ler textos ricos assim, nos faz crer que a felicidade é uma conquista diária e muito pessoal!
Um beijo carinhoso

Vera Lúcia disse...

Olá, Vivian,
Creio também que a felicidade é feita de momentos e que o nosso estado interior tem grande influência sobre ela. Isto porque, se estamos em equilíbrio, poderemos enxergar com diferentes olhos os momentos adversos.
Também creio que não esperar da vida mais do que ela é capaz de nos oferecer já é um caminho para a felicidade.
Concordo com o Autor do texto no sentido de que há obstáculos alheios à nossa vontade que dificultam um estado de felicidade mais pleno, conforme ele citou.
Mas o que verdadeiramente importa é nunca desistirmos de alcançá-la, ainda que através de momentos, os quais deverão ser vividos com intensidade.
Beijos.

Flor de Lótus disse...

Oi,Vivian!Que lindo!
Ser feliz é o que realmente importa nessa vida, ser feliz apesar de tudo, mesmo quando as coisas não saem como planejamos,mesmo quando nada parece conspirar a nosso favor...
Beijosss

manuel marques disse...

Texto muito bom.

Beijo.

ValeriaC disse...

Muito legal este texto... sabe, penso que infelizmente as pessoas tem a ilusão de achar que felicidade, tem que ser algo grandioso, algo que os deixe eufóricos, mas creio que ela é feita de muitos momentos, simples, mas sublimes, basta estarmos atentos e que trazem uma alegria gostosa, aquela que deixa o coração com uma sensação tão boa... felicidade, assim como tudo o que nos seja essencial está intrinsecamente ligada ao nosso interior...ao nosso estado de espírito.
Boa tarde Vivian...beijinhos
Valéria

Luna Sanchez disse...

É ótimo saber que estou no caminho, com o pensamento corretamente conectado.

;)

Beijo grande, flor.

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Uma postagem lindíssima! Adorei o texto! Bjs

Machado de Carlos disse...

Em suma podemos dizer que a felicidade completa não existe. Entretanto poderemos galgar caminhos ao encontro dela. Nós outros, devemos valorizar a chama dos momentos felizes.
Tudo de bom para Você Vivian,
Beijos Meus!...

Meire disse...

Vi, minha querida gaúchinha, acho que a alegria plena é trazer dentro de nós o frescor da paz. Ela tem que ser nossa companheira inseparável, ou pelo menos, na maior parte do tempo!

bjokitas recheadas de afetoo :)

Palavras disse...

Oi Vivian,

um ponto de vista, no mínimo, interessante este do autor.

Talvez ele esteja certo quando diz, "não esperar da vida mais do que ela é capaz de oferecer", mas há quem acredite que o grande barato é querer sempre mais!!!!

Acho que tudo são fases, temos a fase da rebeldia, de querer mais, de não nos conformarmos e temos a fase da calmaria, da felicidade simples, do prazer pela descomplicação.

Vale a reflexão!!!!

Abraços

Clara disse...

Oi Vivian...
Tbm estou numa correria sem fim. O dia anda muito curto pra mim...

Mas vim aqui te dar um abraço, um beijo e te desejar um ótima semana.

Tunin disse...

Texto excelente! Felicidade, ah, felicidade! Abração.

Roberto Vasco disse...

As pessoas são diferentes. Uns acham que estava escrito. Outras preferem não aceitar esse mak tab e numa atitude anti fatalista tomar as rédeas do próprio destino e trabalhar para que todos os momentos sejam felizes. Possivelmente esses começariam por fazer uma faxina em suas vidas, eliminando os espinhos e deixando só as rosas se é que seria possível. Mas as roseiras precisam tanto dos espinhos quanto das rosas. Desventuras e revezes podem significar conhecimento, crescimento, balizamento, aprendizado... Afinal o aprendizado é um jogo de acertos e erros. Isso às vezes transcende a lógica e o intelecto do utilitarista. J,Stuart Mill, David Ricardo, Maltus, Smith e tantos outros tiveram seus grandes momentos na era pós revolução industrial e talvez fosse até mesmo "conveniente" para a sua condição acreditar no acreditavam, mas nem todas as "verdades" que eles "pensaram" que disseram fazia bem para a humanidade como um todo, principalmente o povão.
bjs.

Toninhobira disse...

É preciso saber encontrar esta felicidade que mora lá no nosso fundinho,mais escondidinho e faze-la explodir.Linda escolha este texto amiga.
Um abração.
BJu de luz nos seus dias.

Ana Gaúcha _Professora disse...

SAUDADESSSSSSSSSSSSSSSS
LINDAAAAAAAAAAAAAA!!!!

Tudo de bom para Você Vivian]

bjssssssssssssssss//

Lucinha disse...

Vivian,

Eu sempre digo que não é preciso muito pra ser feliz. O ser humano é que complica demais. Claro que não é fácil, mas se queremos ser felizes, essa atitude de mudança tem que começar em nós mesmos.
Lindo texto. Beijos

Brown Eyes disse...

O autor, quanto a mim tem toda a razão. A causadora de não alcançarmos a felicidade é a sociedade, a educação, as ideias preconcebidas, a necessidade de ser consumista que criaram em nós. É preciso tão pouco para o conseguirmos, basta amarmos e sermos amadas. Eu sou a favor da ideia de que uma cabana e um amor são suficientes para sermos felizes. Para que queremos o superfulo, para vivermos horas a fio a trabalhar para gastar em porcarias?
Beijinhos

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...