Já comprou seu livro hoje? Clic aqui!

sábado, 12 de março de 2011

Segue o teu coração



            Lembrar-me que inevitavelmente terei que morrer é a mais importante ferramenta que eu alguma vez encontrei para me ajudar a fazer as grandes escolhas na vida. Porque praticamente tudo_ todas as nossas expectativas externas, todo o nosso orgulho, todo o nosso medo do embaraço ou fracasso_todas estas coisas, simplesmente caem frente da morte, deixando apenas aquilo que é realmente importante. Lembrares-te que mais cedo ou mais tarde vais morrer é a melhor forma que eu conheço de evitar a armadilha de que temos alguma coisa a perder. Nós já estamos nús.Não existe nenhuma razão para não seguir-mos o nosso coração.

                Steve Jobs
Fonte:citador,pt

sexta-feira, 11 de março de 2011

Para refletir: As Três Peneiras



            Um homem foi ao encontro de Sócrates, levando ao filósofo uma informação que julgava de seu interesse:
            _Quero contar-te uma coisa a respeito de  um amigo teu!
            _Espera um momento_disse Sócrates_ Antes de contar-me, quero saber se fizeste passar esta informação pelas três peneiras.
           _ Três peneiras? Que queres dizer?
           _ Vamos peneirar aquilo que quer me dizer.Devemos sempre usar as três peneiras. Se não as conhece, presta bem atenção. A primeira é a peneira da Verdade . Tens certeza de que isso que queres dizer-me é verdade?
           _Bem, foi o que ouvi outros contarem. Não sei exatamente se é verdade.
           _ A segunda peneira é a da Bondade .Com certeza, deve ter passado a informação pela peneira da bondade.Ou não?
           Envergonhado, o homem respondeu:
           _Devo confessar que não.
           _ A terceira peneira é a da Utilidade .Pensaste bem se é útil o que vieste falar a respeito do meu amigo?
          _ Útil? Na verdade não.
          _ Então disse-lhe o sábio, se o que queres contar-me não é verdadeiro , nem bom , nem útil , então é melhor que o guardes apenas para ti.


           Sócrates
Fonte:horaderelaxar.com.br

quinta-feira, 10 de março de 2011

Canção do Amor-Perfeito


             Eu vi o raio de sol
             beijar o outono.
             Eu vi na mão dos adeuses
             o anel de ouro.
             Não quero dizer o dia.
             Não posso dizer o dono.


             Eu vi bandeiras abertas
             sobe o mar largo
             e ouvi cantar as sereias.
             Longe, nem barco,
             deixei meus olhos alegres,
             trouxe meu sorriso amargo.


             Bem no regaço da lua,
             já não padeço.
             Ai, seja como quiseres,
             Amor-Perfeito,
             gostaria que ficasse,
             mas, se fores, não te esqueço.


             Cecília Meireles,
             in Retrato Natural
Fonte:citador.pt

quarta-feira, 9 de março de 2011

Não basta...


                                             Não basta saber, 
                                   é preciso também aplicar,
                                            não basta querer, 
                                      é preciso também fazer.


                                              Johann Goethe

terça-feira, 8 de março de 2011

Escolhas...

         
           Edith Eva Eger chegou em Auschwitz em 22 de maio de 1924. Depois de ser  separada do pai e testemunhar a mãe ser levada para a câmara de gáz, Edie viveu cada dia na mais horrenda das circunstâncias, assistindo aos companheiros presos serem eletrocutados nas cercas de arame farpado que cercavam o campo de concentração, sem saber, quando tomava uma ducha, se dela sairia água ou gáz. Edie sobreviveu  às piores circunstâncias que qualquer um de nós poderia imaginar; no entanto, se você a conhecer hoje, verá um belo e integrado ser humano que se permitiu prosperar, apesar do_e, em alguns aspectos, devido ao_ passado doloroso.
           Ela fez isso praticando as escolhas que ainda estavam disponíveis sob aquelas condições desumanas. Quando lhe solicitaram que dançasse para o dr. Mengele, arquiteto da crueldade responsável pela tortura e assassinato de milhões de judeus, ela fechou os olhos e escolheu imaginar que a música era Tchaikovsky e que dançava em Budapeste, em Romeu e Julieta. Quando os soldados alemães tiravam seu sangue, duas vezes por semana, dizendo-lhe que isso os ajudaria a ganhar a guerra, ela escolheu dizer a si mesma:"Sou uma pacifista.Sou bailarina.Meu sangue jamais os ajudará a ganhar a guerra." Escolheu ver os guardas que a mantinham em cativeiro como mais aprisionados que ela. Abrandou a dor da morte da mãe dizendo, repetidamente:"O espírito nunca morre.". Agarrou-se a sua parte sobre a qual ainda tinha poder de controlar e se recusou a deixar que qualquer coisa que acontecesse externamente matasse seu espírito. "Se eu sobreviver hoje, Edie dizia a si mesma, "então, amanhã serei livre."
             Edie, agora uma talentosa e compassiva psicóloga, além de matriarca de uma família maravilhosa, deixou claro que, ao integrar a escuridão que lhe foi lançada, teve o tipo mais doce de vingança de Hitler.Em uma ocasião, recentemente, perguntei-lhe se ainda guardava rancor de Hitler. Ela inocentemente me olhou dentro dos olhos e falou:"Não guardaria raiva alguma de Hitler. Se o fizesse, ele ganharia a guerra, porque eu ainda o estaria carregando comigo, em todo o lugar que fosse." Edie é uma campeã da liberdade, portadora de uma luz tão grande e inspiradora que estaríamos muito bem servidos se seguíssemos suas pegadas.


            Trecho do Livro: O efeito Sombra-Deepak Chopra, Debbie Ford e Marianne Williamson


                           Feliz dia Internacional da Mulher!!!

segunda-feira, 7 de março de 2011

Trata de saborear...



             "Trata de saborear a vida; e fica sabendo, que a pior filosofia é a do choramingas que se deita à margem do rio para o fim de lastimar o curso incessante das águas. O ofício delas é não parar nunca; acomoda-te com a lei, e trata de aproveitá-la."


              Machado do Assis,
              Memórias Póstumas de Brás Cubas


           
            "A arte de viver consiste em tirar o maior bem
 do maior mal."


             Machado de Assis

domingo, 6 de março de 2011

Me deixe...


            " Me deixe respirar, por longo,longo tempo, o cheiro dos seus cabelos, neles mergulhar todo meu rosto, como um homem sedento na água de uma fonte,  e agitá-los com minha mão como e um lenço cheiroso, para sacudir as lembranças no ar.
              Se você pudesse saber tudo o que vejo! tudo o que sinto! Tudo o que ouço em seus cabelos! minha alma viaja por sobre o perfume como a alma dos outros homens por sobre a música."


              Baudelaire

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...