Já comprou seu livro hoje? Clic aqui!

sábado, 9 de abril de 2011

Sem limite



           Há uma ponte meio quebrada e muito velha sobre o rio que se avista da minha janela e foi dali que joguei uma pequena pedra sobre as águas.
          Formou-se um círculo seguido de outro maior e muitos outros sendo que o último atingiu a margem oposta.
          Agora sei que o meu gesto pode alcançar distâncias muito maiores do que a minha força.


          Maria Lúcia Simões


Fonte:Livro: Contos Contidos-Maria Lúcia Simões
Ed:RHJ

sexta-feira, 8 de abril de 2011

O Caminho da Vida


           O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos.
           A cobiça envenenou a alma dos homens...levantou no mundo as muralhas do ódio...e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e morticínios.
           Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria.
            Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nosso inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco.
            Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.
               
              Charles Chaplin
            "O Último Discurso", do filme O Grande Ditador


         ** Dependemos uns dos outros para fazer um mundo melhor.É preciso que a família ensine valores, para que a escola os fortaleça e ensine a ter disciplina, a pensar e discernir.Precisamos que o governo nos proporcione oportunidades para termos uma educação de qualidade, boa assistência médica, etc...
Somo uma grande corrente, e quando uma destas partes falha,não faz o que lhe cabe, todo o resto fica comprometido. E acontecem tragédias que poderiam ter sido evitadas...
             Podemos crescer individualmente, mas precisamos crescer como HUMANIDADE  e para que isso aconteça é necessário que cada um faça sua parte.  Eu quero um mundo melhor, e você? Vamos fazer a nossa parte e acreditar, que em pouco tempo seremos a maioria. E quanto mais pessoas acreditarem e buscarem um mundo melhor, conseguiremos realizar este sonho.
      Vivian

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Para refletir...


          "A falta de amor é a maior de todas as pobrezas."




                 "As palavras de amizade e conforto podem
                                      ser curtas e sucintas 
                               mas o seu eco é infindável."


                                    Madre Teresa de Calcutá

quarta-feira, 6 de abril de 2011

A paciência...


A paciência faz contra as ofensas o mesmo que as roupas fazem contra o frio, pois, se vestires mais roupas conforme o inverno aumenta, tal frio não pode te afetar. De modo semelhante, a paciência deve crescer em relação às grandes ofensas; tais injúrias não poderão afetar a tua mente.

Leonardo da Vinci

terça-feira, 5 de abril de 2011

Ouse


      Não esconda-se entre cobertas e pijamas
      Não fracione o seu querer - ele é inteiro
      Não tenha medo de sorrir - ele é bonito
      Não feche a janela - tem sol lá fora
      Não pergunte: quem é? - abra logo a porta
      Não estenda a mão - jogue-se sem medo
      E se o seu outono está castanho demais por aí,
      pegue carona numa folha seca e
      venha com o vento - aqui, ele é colorido e tem abrigo.


      Paulo Francisco


      Quem ainda não conhece o blog dele vale à pena fazer
      uma visita! Clic Aqui- blog: Cores e Nomes.
      Obrigada Paulo por partilhar!!
      Foi através da Isa do blog:Momentos Meus, que tive 
      o prazer de conhece-lo! É muito bom compartilhar amigos!!

segunda-feira, 4 de abril de 2011

A moral...


                                                        "A moral,
                                               propriamente dita, 
                               não é a doutrina que nos ensina
                                             como sermos felizes,
                                mas como devemos tornar-nos
                                           dignos da felicidade."
                
                                                Emmanuel Kant

domingo, 3 de abril de 2011

Em uma Gôndola


             O beijo da mariposa, primeiro!
             Beija-me como se me quisesses fazer acreditar
             Que não tens certeza, nesta tarde,
             De como meu rosto, tua flor, franziu
             Suas pétalas; assim, aqui e ali
             Tu roças nele, até eu perceber
             Que me queres e desabrochar para ti.


             O beijo da abelha agora!
             Beija-me como se tivesses entrado alegre
             Em meu coração alguma tarde,
             Um botão que não ousa recusar
             O pedido e, então, entrega-se por inteiro
             E passivamente, sua taça despedaça
             Sobre tua cabeça para dormir eu pouso.


             Robert Browning, 1812-1889
Fonte:Livro: A Linguagem do Amor-Editado po Sheila Pickles

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...