Já comprou seu livro hoje? Clic aqui!

sábado, 14 de maio de 2011

Devaneios Reveladores


Na verdade, se nos fosse dado penetrar com os olhos da carne na consciência dos outros, julgaríamos com mais segurança um homem pelo que devaneia do que pelo que pensa. O pensamento é dominado pela vontade, o devaneio não. O devaneio, que é absolutamente espontâneo, toma e conserva, mesmo no gigantesco e no ideal, a figura do nosso espírito. Não há coisa que mais direta e profundamente saia da nossa alma do que as nossas aspirações irrefletidas e desmesuradas para os esplendores do destino. Nestas aspirações é que se pode descobrir o verdadeiro caráter de cada homem, melhor do que nas ideias compostas, coordenadas e discutidas. As nossas quimeras são o que melhor nos parece. Cada qual devaneia o incógnito e o impossível, conforme a sua natureza. 

Victor Hugo, in 'Os Miseráveis'
 **Amigos tem post novo no outro blog!! Passe por lá? Obrigada! Clic aqui: floresnojardimdavida.blogspot.com

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Criação



           Há no amor um momento de grandeza,
           que é de inconsciência e de êxtase bendito:
           os dois corpos são a Natureza,
           as duas almas são o Infinito.
           É um mistério de força e de surpresa!
           Estala o coração da terra aflito;
           rasga-se em luz fecunda a esfera acesa,
           e de todos os astros rompe um grito.
           Deus transmite o seu hálito aos amantes:
           cada beijo é a sanção dos Sete Dias,
           e a Gênese fulgura em cada abraço;
           Porque, entre as duas bocas soluçantes,
           rola todo o Universo, em harmonias
           e em florificações, enchendo o espaço!


           Olavo Bilac,
           in "Poesias"


Fonte:citador.pt


        ** Se você ainda não conhece meu blog novo, venha fazer uma visita!
Posts novos :Segunda, quarta e sexta! beijos 


Clic aqui:floresnojardimdavida.blogspot.com
Obrigada!

Não há Vida Boa sem Autodomínio

               
           O homem faz-se ou desfaz-se a si mesmo. O homem controla as suas paixões, as suas emoções, o seu futuro. Consegue-o canalizando os seus impulsos físicos para conseguir realizações espirituais.Qualquer animal pode esbanjar a sua força realizando os impulsos físicos sempre que os sente. Compete ao homem canalizá-los para fins mais produtivos que a satisfação dos impulsos. Ninguém se tornou ilustre por fazer o que lhe apetecia. os homens insignificantes fazem o que querem - e tornam-se nuns Zés-Ninguém. Os grandes submetem-se às leis que regem o setor em que são grandes.
O autodomínio é sempre recompensado com uma força que dá uma alegria interior inexprimível e silenciosa que se torna dominante na vida. O autodomínio é a qualidade que distingue os mais aptos para sobreviverem. O mais importante atributo do homem como ser imortal é a faculdade de autodomínio escreveu Herbret Spencer. Nunca houve, nem pode haver, uma vida boa sem autodomínio; sem ele a vida é inconcebível. A vitória mais importante e mais nobre do homem é a conquista de si mesmo.


          Affred Montapert,
          in, "A Suprema Filosofia do Homem"


Fonte:citador.pt


**Tem post novo no meu outro blog!
Visite! Clic aqui:floresnojardimdavida.blogspot.com  !!
Conto com você! Obrigada!

terça-feira, 10 de maio de 2011

Um Pouco Mais de Nós

           
            Podes dar uma centelha de lua,
            um colar de pétalas breves
            ou um farrapo de nuvem;
            podes dar mais uma asa
            a quem tem sede de voar
            ou apenas o tesouro sem preço
            do teu tempo em qualquer lugar;
            podes dar o que és e o que sentes
            sem que te perguntem
            nome,sexo ou endereço;
            podes dar em suma, com emoção,
            tudo aquilo que, em silêncio,
            te segreda o coração;
            podes dar a rima sem rima
            de uma música só sua
            a quem sofre a miséria dos dias
            na noite sem teto de uma rua;
            podes juntar o diamante da dádiva
            ao húmus de uma crença antiga,
            sob a forma de poema ou de cantiga;
            podes ser o livro, o sonho, o ponteiro
            do relógio da vida sem atraso,
            e sendo tudo isso serás ainda mais,
            anônimo,pleno e livre,
            nau sempre aparelhada para deixar o cais,
            porque o que conta, vendo bem,
            é dar sempre um pouco mais,
            sem fatura, sem fama, sem horário,
            que a máxima recompensa de quem dá
            é o jubilo de gesto voluntário.


            E, afinal, tudo isso quanto vale?
            Vale o nada que é tudo
            sempre que damos de nós
            o que sendo ato de amor, ganha voz
            e se torna eterno por ser único e total.


           José Jorge Letria


Fonte:citador.pt

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Ocupação Feliz



            Resolvi examinar as diversas ocupações que as pessoas têm na vida, procurando escolher a melhor entre elas;e, sem desejar dizer algo a respeito delas,concluí que não poderia fazer nada melhor do que continuar naquela que encontrei para mim, ou seja, ocupando toda a minha vida no cultivo da razão e na busca do conhecimento da verdade, seguindo o Método que prescrevi a mim mesmo.Eu senti um contentamento tão profundo desde que comecei a usar o Método, que não acreditava que alguém pudesse obter algo mais doce ou inocente nesta vida; e, ao continuar a descobrir, a cada dia, por meio dele, verdades que me pareciam dotadas de certa importância e das quais os outros não estavam em geral cientes, a satisfação que senti preencheu a minha mente de maneira tão plena que nada mais de modo nenhum me afetava.


               René Descartes, 
               in "Discurso do Método"


Fonte:citador.pt

domingo, 8 de maio de 2011

Choro de Mulher



 Um garotinho perguntou à sua mãe:
 - Mamãe, por que você está chorando?

E ela respondeu:
- Porque sou mulher...
- Mas... eu não entendo.

 A mãe se inclinou para ele, abraçou-o e disse:
- Meu amor, você jamais irá entender! ...

Mais  tarde o menininho perguntou ao pai:
- Papai, por que mamãe às vezes chora, sem motivo?

O homem respondeu:
- Todas as mulheres sempre choram sem nenhum motivo....
Era tudo o que o pai era capaz de responder

O garotinho cresceu e se tornou um homem. E, de  vez em quando, fazia a si mesmo a pergunta:
Por que será que as mulheres choram, sem ter motivo para isso?

Certo dia esse homem se ajoelhou e perguntou a Deus:
- Senhor, diga-me... Por que as mulheres choram com tanta facilidade?

E Deus lhe disse:
- Quando eu criei a mulher, tinha de fazer algo muito especial. Fiz seus ombros suficientemente fortes, capazes de suportar o peso do mundo inteiro...  Porém suficientemente suaves para confortá-lo!

- Dei a ela uma imensa força interior, para que pudesse suportar as dores da maternidade e também o desprezo que muitas vezes provém de seus próprios filhos!

- Dei-lhe a fortaleza que lhe permite continuar sempre a cuidar da sua família, sem se queixar, apesar das enfermidades e do cansaço, até mesmo quando outros entregam os pontos!

- Dei-lhe sensibilidade para amar seus filhos, em qualquer circunstância, mesmo quando esses filhos a tenham magoado muito ... Essa sensibilidade lhe permite afugentar qualquer tristeza, choro ou sofrimento da criança, e compartilhar as ansiedades, dúvidas e medos da adolescência!

- Porém, para que possa suportar tudo isso, Meu filho... Eu lhe dei as lágrimas, e são exclusivamente suas, para usá-las quando precisar. Ao derramá-las, a mulher verte em cada lágrima um pouquinho de amor. Essas gotas de amor desvanecem no ar e salvam a humanidade!

O homem respondeu com um profundo suspiro...
- Agora eu compreendo o sentimento de minha mãe, de minha irmã, de minha esposa...
- Obrigado, Meu Deus, por teres criado a mulher.

Autor desconhecido

Fonte:paralerepensar.com.br

Feliz Dia das Mães!!!

Para quem ainda não conhece meu blog novo, lá também tem uma homenagem de Dia das Mães!
Clic:
floresnojardimdavida.blogspot.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...